Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

No Mundial Sub-17, Paraguai elimina Argentina com virada incrível

Nos 45 minutos derradeiros, a Albirroja reverteu um placar de 2 a 0 e se qualificou para duelar nas quartas de final do Mundial Sub-17 contra a Holanda
Argentina-Paraguai-Mundial-Sub-17-Futebol-Latino-1-07-11

Com tom de heroísmo e potente poder de reação, a seleção do Paraguai se classificou as quartas de final do Mundial Sub-17 batendo de virada por 3 a 2 a equipe da Argentina no estádio Kléber Andrade em Cariacica, no Espírito Santo.

Leia mais: Ex-Palmeiras, Arthur Cabral vibra com primeiro gol na Liga Europa
Antonio Valencia manda mensagem a ex-companheiro de Manchester United

Agora, o time dirigido pelo ex-Cerro Porteño Gustavo Morínigo enfrenta a Holanda em jogo marcado para o domingo (10) às 16h30 (horário de Brasília) novamente no estádio Kléber Andrade.

Primeiro tempo

As duas equipes dividiam a posse de bola de uma maneira semelhante na questão temporal com o adendo de que, enquanto a Albiceleste preferia uma cadência maior, os paraguaios optavam por saídas mais rápidas, tentando acelerar a transição para o ataque tentando aproveitar um posicionamento possível mais desarrumado da Argentina.

Entretanto, como poucas oportunidades mais agudas tanto de um lado como do outro apareciam, o jogo tinha grande concentração no trabalho de bola.

Dentro dessa realidade, aos 27 minutos em lance ofensivo dos argentinos usando o lado direito, um cruzamento onde o goleiro Ángel González parecia cobrir bem o ângulo, Exequiel Zeballos testou pro chão e a bola entrou no espaço entre o arqueiro e a trave, inaugurando a contagem no Kléber Andrade.

Com os paraguaios precisando se exporem mais, os espaços na defesa guaraní começaram a aparecer com mais frequência e a liberdade no trabalho de bola ofensivo da Albiceleste foi se acentuando. Aos 41 minutos, aproveitando bola espirrada da zaga, Kevin Lomónaco lançou pra dentro da área e, com o desvio de Francisco Flores na meia-lua, Matías Godoy ficou absolutamente livre pra bater cruzado, com força, fazendo o segundo da Argentina.



Segundo tempo

A necessidade de buscar no mínimo a igualdade do marcador fez com que a Albirroja seguisse com a ideia de ser mais ofensiva e, diferente da parte final da primeira etapa, as linhas de marcação conseguiam conter praticamente todas as investidas de contra-ataque nos 15 primeiros minutos.

Nesse intervalo de tempo, depois de forçar o goleiro argentino Ríos Novo trabalhar em chute de Matías Segovia e ver a bola carimbar a trave em bola despretensiosa de Diego Torres, o gol que diminuiu a diferença acabou saindo. Em lance que precisou da confirmação do VAR, uma bola dividida no ataque teve o último toque do zagueiro Lautaro Cano que tentou evitar com que ela entrasse, mas ela passou por toda a linha, 2 a 1.

A Argentina percebeu a necessidade de reagir e chegou a imprimir nos minutos seguintes um ritmo mais acelerado que rendeu três finalizações que quase voltaram a ampliar a contagem. Entretanto, quem marcou de novo, na base da persistência, foram os paraguaios em uma bonita finalização de Torres.

Depois de acertar a trave quando a derrota ainda era de 2 a 0, o camisa 20 aproveitou o passe de cabeça de Rodrigo López e bateu contando com o desvio do zagueiro Bruno Amione que enganou totalmente Ríos Novo aos 27 minutos. Era o empate dos comandados de Gustavo Morínigo.

Com a partida nos minutos finais tendo os argentinos melhorado seu volume de jogo e aparecendo em boa jogada de Palacios onde Godoy acabou batendo por cima do gol, um passe preciso no contra-ataque guaraní resultou no tento da heroica classificação. Wilder Vieira deu o toque para David Duarte sair na velocidade em jogada no mano a mano com Amione tendo o camisa 9 dado dois dribles sensacionais e batido com força de pé esquerdo vencendo Ríos Novo. Virada paraguaia e vaga nas quartas de final do Mundial Sub-17.

error: Futebol Latino 2019