Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

No Uruguai, Óscar Tabárez e comissão receberão seguro-desemprego da AUF

cronica-fl-200-vezes-oscar-tabarez-e-a-reinvencao-do-sucesso-Futebol-Latino-16-10
Foto: Reprodução/Twitter

Tentando lidar com a falta de receita em meio a paralisação do futebol, a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) decidiu colocar tanto o técnico Óscar Tabárez como a comissão técnica e outros funcionários no regime de seguro-desemprego. A medida começa a valer no próximo dia 1° de abril.

Leia mais: Brasileiro Matheus Cunha passa por quarentena na Alemanha em hotel
Atacante argentino garante que jamais vestiria a camisa do Boca Juniors

Segundo relatou o diário uruguaio Ovación, o tema vinha sendo analisado pela alta cúpula do futebol charrua levando em consideração aplicar o regime de seguro-desemprego ou mesmo conceder uma licença.

Contudo, a medida encontra legalmente uma situação onde a federação uruguaia teria necessariamente de arcar com parte considerável dos vencimentos no caso do Maestro e sua comissão. Isso porque, na legislação, o Estado arca com 50% dos vencimentos de um profissional chegando ao limite de 44.606 pesos, algo na casa dos R$ 5,3 mil.



Como o salário dos funcionários citados supera bastante o patamar de 89.213 pesos, valor máximo que colocaria Estado e empregador dividindo igualmente o salário, de toda forma a Associação Uruguaia de Futebol acabaria tendo de arcar com uma parte considerável dos vencimentos.

Equipes da elite nacional já estão dentro do regime em questão como o Defensor, o Danubio e o Plaza Colonia além do fato de que River Plate e Montevideo Wanderers já convencionaram que se valerão do mesmo recurso a partir do mês de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019