Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Nome que fez história na Universidad Católica, Magnasco deixa o clube

nome-que-fez-historia-na-universidad-catolica-magnasco-deixa-o-clube-Futebol-Latino-19-11
Foto: Divulgação/Universidad Católica

Depois da saída do meio-campista César Pinares rumo ao Grêmio, a equipe da Universidad Católica vê outro nome do plantel deixar o clube: o lateral-direito Stéfano Magnasco, de 28 anos de idade. O seu destino será o La Serena em informação confirmada oficialmente por La UC.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Atacante da LDU, mesmo cobiçado pelo mercado, deve permanecer
Ex-Atlético-MG marca gol que deixa time muito perto do título no Japão

O jogador que está ininterruptamente desde 2015 no clube de Santiago e levantou sete taças (quatro vezes o Campeonato Chileno além de duas vezes a Supercopa do Chile e uma edição da Copa Chile) tem seu nome cravado na história do clube como o segundo maior vencedor da instituição ao lado de outra referência no atual plantel, o meia José Pedro Fuenzalida.

Desde o ano de 2011, quando subiu para o plantel profissional após estar desde os oito anos de idade nas categorias de formação, o único período em que Stéfano Magnasco não estava defendendo a Católica foi entre 2013 e 2014 por sua transferência rumo ao Groningen, da Holanda, logo retornando ao clube de San Carlos de Apoquindo.

Apesar de continuar no futebol chileno, Magnasco se torna companheiro de clube de dois brasileiros que fazem parte do plantel do La Serena: o zagueiro Lucas Fasson, formado na base do São Paulo, e o meio-campista Rômulo, com passagem pela base do Cruzeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *