Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Olivera brilha e Defensor vence Bolívar

Foto: Divulgação Defensor-URU

No encontro entre os dois semifinalistas da Taça Libertadores de 2014 deu Defensor-URU. Contando com o apoio da torcida, os uruguaios venceram o Bolívar-BOL por 3 a 0 e abriram uma ótima vantagem para o duelo da volta.

Leia Mais: Nacional aproveita falhas grotescas e vence Oriente Petrolero na Bolívia

Agora, os bolivianos terão que vencer por 4 gols de diferença na próxima semana, em La Paz, capital boliviana.

O tempo frio em Montevidéu parece ter assustado os torcedores que não compareceram ao estádio. Apesar das arquibancadas praticamente vazias, o Defensor assumiu o papel de partir para cima e foi pressão desde o início.

A tática ofensiva deu certo e os uruguaios tiveram um pênalti para cobrar. Olivera, o nome do jogo, cobrou no canto esquerdo e o goleiro defendeu. No rebote, Rabunal encheu o pé e estufou as redes, 1 a 0.

No segundo tempo só deu Olivera. O baixinho do Defensor chamou o jogo para si e fez duas jogadas que entrariam para a história da Sul-Americana se a bola entrasse. Em duas finalizações de cobertura, o atacante quase ampliou o marcador.

Quando parecia que o jogo time da casa diminuiria o ritmo, Olivera apareceu e após uma jogada confusa, o atacante recebeu livre dentro da área, na primeira acertou o goleiro e na segunda finalmente conseguiu marcar, 2 a 0.

No fim, ainda deu tempo de Lozano aproveitar o cruzamento vindo da esquerda de primeira e aumentar ainda mais a vantagem do Defensor, 3 a 0 e ponto final.

Ficha técnica:

Defensor Sporting: Martín Campaña; Emilio Zeballos, Andrés Scotti, De los Santos, Sebastián Ariosa; Martín Rabuñal, Mauro Arambarri; Brian Lozano (Leonardo Pais), Felipe Rodríguez; Héctor Acuña (Santiago Barboza) y Nicolás Olivera (Adrián Luna).

Técnico: Juan Tejera.

Bolívar: Romel Quiñónez; Edemir Rodríguez, Ronald Eguino, Nelson Cabrera; Gerardo Yecerotte, José Sánchez Capdevila, Juan Carlos Arce, Wálter Flores, Damir Miranda; Juanmi Callejón y William Ferreira.

Técnico: Eduardo Villegas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©