Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Paraguai: Empate histórico entre Cerro Porteño e Olimpia

Confronto 306 entre os eternos rivais terminou empatado, deixando os dois clubes com 105 triunfos e o Decano mais tempo sem perder para o Ciclón

*Por Vinicius Fernandes

O empate por 1 a 1 entre Olimpia e Cerro Porteño, pelo Torneo Apertura 2020 do Campeonato Paraguaio, manteve o maior clássico do país totalmente equilibrado.

Leia mais: Veja como estão os campeonatos nacionais pela América do Sul
Veja como está a Copa Libertadores da América de 2020

Os clubes mais populares do Paraguai se enfrentaram pela primeira vez em 1913 e empataram por 2 a 2 (o renomado historiador do futebol paraguaio Miguel Ángel Bestard diz que o Cerro venceu por 3 a 1). Até agora os rivais se viram em 306 oportunidades, com 106 triunfos para o Ciclón e outros 106 para o Decano, além de 94 igualdades.

O Olimpia tem mais gols marcados: 395 contra 384 do Cerro. Além disso, apesar de não vencer o azulgrana no campo adversário desde 1996, acumula uma sequência de sete partidas sem perder para o eterno rival, que venceu pela última vez no dia 12 de maio de 2018, pelo placar de 1 a 0, gol de Juan Escobar, pela 17ª rodada do Torneo Apertura.

É também do Olimpia a maior goleada registrada: 10 x 1, em 1916, em amistoso. Entretanto, o maior placar em jogo oficial foi a favor do Cerro Porteño: 8 x 1, em 1937. “El Nino” Arrúa, do Cerro, é o maior goleador do confronto, con 11 tentos. Pedro Osorio (1937), do Cerro, junto de Dante López (2005) e Roque Santacruz (2019), do Olimpia, compartilham a honra do maior número de gols em uma mesma partida, com quatro cada um.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019