Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Pellegrini enche de elogios o Betis em sua apresentação

pellegrini-enche-de-elogios-o-elenco-do-betis-em-sua-apresentacao-Futebol-Latino-13-07
Foto: AFP

O treinador chileno Manuel Pellegrini foi apresentado nessa semana como o novo técnico do Betis após o clube demitir o espanhol Rubi no fim do último mês de junho. E o técnico com experiência no futebol do país com seus trabalhos prévios em Villarreal, Real Madrid e Málaga demonstrou otimismo logo em sua primeira coletiva no cargo.

Betwinner

Leia mais: Irmão de Gonzalo Higuaín faz gol de placa na MLS; Assista
Lesão de Yerry Mina freia desejo de time da América do Sul

Segundo sua avaliação, o clube apresenta potencial histórico para pensar não apenas em torneios nacionais como também continentais, entendendo que esse precisa ser o objetivo de seu trabalho pensando em um contexto mais amplo:

“Para mim é um prazer ter a oportunidade de vir para o Betis. Houveram contatos antes, mas não foi possível concretizar. Volto a Espanha depois de dez anos e, ainda que tenha voltado por ter casa aqui, é um prazer. Espero que possamos realizar aqui o mesmo que em clubes anteriores. O Betis é uma equipe tremendamente popular e estou convencido de que temos um plantel com exigência alta para responder aos nomes e aos quais tenho muita confiança”, disse Pellegrini, agregando:

“Mesmo os resultados não tendo sido os mais adequados, houve um avanço institucional que deve ser acompanhado pelos resultados esportivos. Vamos aportar com nossa experiência para conseguir o máximo rendimento da equipe, ter jogadores comprometidos. É um trabalho de todos, estamos no mesmo caminho e os objetivos são os mais factíveis de conseguir assim, com uma mentalidade ganhadora porque é uma equipe que tem de estar brigando por instâncias europeias, precisa disso como instituição e vai ser o meu principal objetivo, dar esse salto no âmbito esportivo.”




Na avaliação que fez até então sobre os possíveis problemas que teria de resolver nos desempenhos recentes da equipe da Andaluzia, ele concluiu que a quantidade de gols sofridos é o elemento principal a ser corrigido.

“Tomamos muitos gols para ter aspirações, há muitas causas. Começaremos o trabalho na pré-temporada para melhorar em todos os sentidos, não somente a nível defensivo, mas também de tratar de ser uma equipe que converta a maior quantidade de gols possíveis. Haverá algumas mudanças e faremos todo o possível para manter uma equipe equilibrada e que ganhe. Nesse esporte você precisa ganhar”, analisou.

Nesse momento, faltando duas rodadas para o fim de LaLiga, o Betis ocupa a 13ª posição com 41 pontos, distante de brigar por vaga na Liga dos Campeões da Europa e Liga Europa, porém já livre da possibilidade de rebaixamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *