Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Peru vence Venezuela pela sexta rodada das Eliminatórias da Copa no Catar

Eliminatórias
Créditos: Divulgação/Selección Peruana

O Peru voltou a sonhar com uma vaga na Copa do Mundo do Catar. A seleção peruana venceu a Venezuela, na noite deste domingo (05), pelas Eliminatórias Sul-Americanas, no Estádio Nacional de Lima, por 1 a 0 e encostou no grupo de países com vagas no próximo Mundial. O gol foi marcado pelo meia com passagens pelo futebol brasileiro Christian Cueva.

Soccer 300x250

Leia mais:
Técnico do Peru pede que seus jogadores não atuem nos Estados Unidos
Seleção do Peru se previne com novo chamado para as Eliminatórias

A vitória dentro de casa levou o Peru aos oito pontos e saltou a equipe de Ricardo Gareca da nona para a sexta posição, quatro pontos atrás do Uruguai, primeiro time dentro do grupo de seleções garantidas na Copa do Mundo do Catar.

Banner-Cyber-Bet-300-250-interna-Futebol-Latino-13-07

A derrota fora de casa deixou a seleção venezuelana com os mesmos quatro pontos que a equipe de Savarino e companhia iniciaram a sexta rodada e sustentando a 10ª e última posição das Eliminatórias.

Primeiro tempo:

A primeira boa chegada do jogo saiu aos 14 minutos e foi dos donos de casa. Após ótima troca de passes, a bola chegou em Cueva, que chutou da entrada da área e a bola subiu por cima da meta da Venezuela.

Aos 19 minutos o Peru perdeu mais uma boa chance. Após uma rápida troca de passes, a bola chegou em Lapadula dentro da área. O atacante levou para a perna esquerda, chutou e a bola parou na rede do lado de fora.

Dono do jogo, o Peru seguiu pressionando e aos 21 minutos o gol não saiu por um detalhe. Após jogada pela esquerda de Lapadula, a bola cruzou a área e sobrou para Carrillo, que finalizou e só não balançou as redes graças ao corte de González em cima da linha.

A primeira chegada da Venezuela aconteceu aos 26 minutos. Após briga dentro da área, a bola sobrou para Savarino, que exagerou na força e chutou de primeira sem marcação por cima da meta do Peru.

De tanto apertar, o Peru conseguiu seu gol aos 34 minutos. Após erro bizarro da defesa venezuelana, Cueva roubou a bola cara a cara com o goleiro Faríñez e só deslocou o arqueiro venezuelano e abriu o placar para os donos da casa.

Com um jogador a menos após a expulsão do volante Rincón, a Venezuela chegou novamente aos 42 minutos. Após briga dentro da área, Soteldo ganhou da defesa peruana e chutou rasteiro para boa defesa de Gallese.

Segundo tempo:

A primeira chegada do segundo tempo foi do Peru. Aos seis minutos, Flores aproveitou sobra da defesa venezuelana na entrada da área, chutou e obrigou Fariñez a trabalhar novamente.

Aos 10 minutos a Venezuela teve uma ótima chance e quase empatou o jogo. Após jogada de Soteldo pela direita, o ponta ajeitou para X chegar soltando uma bomba de primeira e obrigando Gallese a voar no canto direito e evitar um golaço dos visitantes.

Os donos da casa chegaram novamente com muito perigo aos 11 minutos. Em cobrança de falta, Lapadula cobrou por fora da barreira e só não ampliou o placar graças a um ótimo trabalho do arqueiro venezuelano.

Aos 17 minutos saiu o lance mais polêmico do jogo. Lapadula estava impedido, foi para o lance e deixou parou para Gonzáles finalizar e marcar o gol. Após alguns instantes, o lance foi anulado pela arbitragem por interferência do centroavante no lance.

Tentando o empate mesmo com um jogador a menos, a Venezuela assustou novamente aos 40 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Chancellor subiu mais alto que a defesa peruana e testou por cima da meta de Gallese.

FICHA TÉCNICA
PERU X VENEZUELA:

Local: Estádio Nacional, Lima (PER)
Data e hora: 05/09/2021 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)
Assistentes: Byron Romero (EQU) e Ricardo Baren (EQU)
VAR: Carlos Orbe (EQU)
​Cartões amarelos: Gonzáles, Guerrero (PER); Rincón, Ferraresi (VEN)
Cartão vermelho: Rincón (VEN)

GOL: Cueva (34’/1°T) (1-0)

PERU (Técnico: Ricardo Gareca)
ESCALAÇÃO: Gallese; Advíncula, Santamaría, Callens e López; Tapia (Cartagena, aos 39/2ºT), Yotún (Gonzáles, aos 16/2ºT) e Cueva (Ruidíaz, aos 28/2ºT); Carrillo, Flores (García, aos 15/2ºT) e Lapadula (Guerrero, aos 28/2ºT).

VENEZUELA (Técnico: Leonardo González)
ESCALAÇÃO: Fariñez; Hernández, Villanueva (Chancellor, aos 0/2ºT), Ferraresi e González; Moreno (Castillo, aos 37/2ºT), Rincón, Savarino (Bello, aos 37/2ºT) e Soteldo (Otero, aos 23/2ºT); Murillo (Martínez, aos 41/1ºT) e Ramírez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©

error: Futebol Latino 2019