Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Plantel do Racing pode ter até cinco nomes de saída

matias-rojas-racing-futebol-latino-09-06
Foto: Agustín Marcarian/Pool/AFP

Adversário do São Paulo nas oitavas de final da Copa Libertadores que terá sua retomada apenas no mês de julho, o Racing passa por um período de análise em relação as peças disponíveis no plantel de Juan Antonio Pizzi onde a ideia parece ser de reduzir o contingente.

Soccer 300x250

Leia mais: ‘Brasileiros’ brilham nos jogos das Eliminatórias da América do Sul
Para fechar com o Barcelona, Aguero teria tomado atitudes importantes

Em meio a ausência de competições nacionais na Argentina, a Academia aproveita para estudar a composição do elenco e, segundo o portal especializado La Comu da Racing, o lateral-esquerdo Alexis Soto, os meio-campistas Matías Rojas e Tiago Banega além dos avantes Héctor Fértoli e Nicolás Reniero são tratados como peças que podem ser emprestadas ou mesmo negociadas com caráter definitivo.

Dos citados, aquele que é visto pela diretoria do Racing com maior potencial lucrativo seria Rojas. Isso porque sondagens de clubes do futebol brasileiro e também da MLS já teriam sido feitas em outro momento e descartadas pelo clube pensando em manter por mais tempo o meia paraguaio. Porém, diante de uma maior necessidade de cortar custos e “fazer caixa”, o clube espera lucrar, pelo menos, 10 milhões de dólares (R$ 50,4 milhões na atual cotação) com a transação.

Quem também pode ser motivo de lucro é Reniero onde existe um impasse de momento com o seguinte cenário: Enquanto o clube de Avellaneda gostaria inicialmente de emprestá-lo para não perder uma peça relevante, o Estudiantes chega com a disposição de comprar o atleta que custou ao Racing 3,6 milhões de dólares (R$ 14,3 milhões). A aquisição foi feita em agosto de 2019 quando comprou 80% de seus direitos junto ao San Lorenzo.

Pensando nos casos de Banega, Fértoli e Soto, o conceito é de que, com outra camiseta, eles podem tanto se valorizarem com mais chances de atuar (no caso de Fértoli) bem como ganhar experiência profissional para o segundo citado que, na última temporada, jogou apenas nove vezes. Clubes como Arsenal Sarandí, Defensa y Justicia e Talleres tiveram seus nomes ligados aos integrantes do trio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©