Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Pochettino não esconde desejo de retornar a trabalhar na Premier League

Ex-técnico do Tottenham (Inglaterra) também comentou com satisfação sobre o que construiu na longa passagem de cinco anos pelos Spurs
especulado-no-arsenal-passado-de-pochettino-pode-ser-impedimento-Futebol-Latino-02-12

Fora do mercado desde que foi demitido do comando do Tottenham (Inglaterra) em novembro de 2019, o técnico argentino Mauricio Pochettino declarou ao podcast In the Pink, da apresentadora britânica Natalie Pinkman, disse que tem vontade de retornar a Premier League caso tenha uma proposta.

Leia mais: Adebayor vai ganhar o maior salário da história do futebol paraguaio
Técnico da La U ganha voto de confiança após queda na Libertadores

Apesar do seu desejo, ele reconhece a dificuldade de momento em relação ao estágio da temporada pontuando que, por ora, o ideal é aproveitar o tempo livre tanto na questão da recuperação como também no aspecto da preparação:

“Pra ser honesto eu amaria trabalhar na Premier League. Vai ser difícil, eu sei, e por enquanto é momento de aguardar e ver o que vai acontecer. É o momento de recuperar, pensar em si mesmo um pouco e estar pronto porque, no futebol, tudo sempre pode acontecer e precisamos estar prontos. Estou pronto e aguardando por um novo desafio. Tenho a crença e a confiança de que o próximo desafio será fantástico.”

Em relação a um balanço da sua passagem pelo Spurs que durou de 2014 a 2019, o técnico argentino elencou feitos que, para ele, compõem o que ele considera como um legado importante até mesmo acima de conquistas que acabaram não vindo citando até mesmo a construção do novo estádio. Sem deixar de dar, aliás, uma ligeira “alfinetada” no eterno rival Arsenal:

“Tudo o que eu tive de fazer foi preocupante nesses momentos (construção do Tottenham Stadium). Destruir White Hart Lane e construir um novo estádio, jogar em Webmley e Milton Keynes, só as pessoas do futebol sabem como é difícil para nós lidar com essas situações. Aplicar uma nova filosofia e novas ideias foi muito difícil, mas eu me sinto muito orgulhoso com o sucesso que nós tivemos e colocar o Tottenham em um nível diferente. Jogar a Champions League por três ou quatro anos e terminar acima do Arsenal muitas vezes foi um grande legado para nós. Conquistar um título seria uma grande recompensa, mas, para nós, esse é o nosso legado, ter o clube o estádio em Tottenham. Isso é mais que ganhar títulos.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019