Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Por dívida com jogador, clube é proibido pela FIFA de se reforçar

Débito gerador de punção da FIFA que precisa ser acertado por equipe do México junto a zagueiro argentino chegaria na casa de mais de R$ 6 milhões

Uma informação preocupante pensando na melhora do cenário do Veracruz, atual lanterna da Liga MX e cada vez mais próxima do rebaixamento, surgiu nessa semana através da mídia mexicana, mais precisamente pelo diário SuperDeportivo.

Leia mais: Fenando Gago revela bastidores de sua saída do Boca Juniors
Com passagem pelo Corinthians, Daniel Passarella é favorito para treinar time da América

A Comissão Disciplinar da FIFA teria comunicado a equipe mexicana de que o clube está proibido de fazer qualquer tipo de aquisição de atletas enquanto não quitar o débito existente junto ao zagueiro argentino Matías Cahais. Nesse momento, a dívida do jogador de 31 anos com passagem nos Tiburones entre 2016 e 2017 seria de, pelo menos, 1,5 milhão de dólares (mais de R$ 6 milhões).

A falta de pagamentos teria sido, justamente, o motivo que fez Cahais jogar apenas 14 compromissos pelo time do México e posteriormente desejar o término do vínculo para retornar ao time que detinha seus direitos, o Racing. Nesse momento, o atleta joga no O’Higgins.

O comunicado continuaria dando o tom de seriedade a situação reforçando o fato de que, se o problema persistir, penas como perda de pontos ou até mesmo o rebaixamento compulsório entrarão em discussão.