Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Por onde anda Adryan, ex-promessa do Flamengo

Jogador, que foi destaque nas categorias de base do time carioca, hoje atua na Europa tentando conquistar seu espaço no continente
Adryan-Gilvan-de-Souza-Flamengo-2-11

*Por Danilo Di Grado

Apesar de sua pouca idade, apenas 25 anos, o meia Adryan deixou lembranças na mente dos torcedores do Flamengo.

Leia Mais: Brasil derrota a Angola e fecha primeira fase do Mundial Sub-17 de forma invicta
Na bola parada, Nova Zelândia vence Canadá no Mundial Sub-17

Nascido no Rio de Janeiro, o atleta iniciou sua carreira no Rubro-negro, tendo um bom destaque nas categorias de base da equipe por sua habilidade, o que lhe deixou visado pela mídia internacional, chegando a ser comparado com Zico.

Com isso, desde cedo, Adryan chegou a ser convocado para atuar pelas categorias de base da Seleção Brasileira. Com passagens pela Sub-15, Sub-16, Sub-17, essa em 2011, quando sagrou-se campeão do Sul-Americano, e, posteriormente, foi o artilheiro do Mundial da categoria, com 5 gols, o meia ainda disputou no ano seguinte (2012), pela Sub-20, a Copa Internacional do Mediterrâneo.

Voltando ao assunto sobre seu clube, também em 2011, conquistou seu primeiro título mais expressivo na base do Mengão, que foi a Copa São Paulo de Futebol Júnior, considerado um dos destaques da competição.

Em alta, Adryan chegou a assinar um contrato com o time do Rio até 2014. Porém, foi um pouco antes, em 2012, que o meia chegou ao time profissional, fazendo sua estreia partida contra o Bonsucesso, pelo Campeonato Carioca na época.

As coisa, de fato, foram evoluindo para o jogador após a saída de Ronaldinho, onde acabou ganhando mais espaço. O craque chegou a marcar seu primeiro gol na equipe principal, diante o Atlético-GO, e, rodadas mais tarde, também balançou as redes contra o Grêmio, marcando seu primeiro tento de falta na carreira.

Com sua visível evolução, Adryan chamou a atenção de times na Europa. Com isso, chegou a ser emprestado para o Cagliari, para o Leeds, e, por último, pelo Nantes, que, por sua vez, chegou a cogitar manter o atleta em seu elenco mesmo após o término empréstimo, mas nada foi concretizado.

Sendo assim, após rodar o velho continente, o meia acabou voltando ao Brasil, em junho de 2016, já que era atleta do Flamengo. Porém, não tendo muitas oportunidades, voltou ao continente europeu em julho de 2017, desta vez para atuar pelo Sion, da Suíça.

Em sua passagem pelo clube suíço Adryan viveu altos e baixo. Com uma lesão que o tirou de parte da temporada 2017/2018, o jogador voltou apenas em dezembro, conseguindo marcar logo em seu retorno e visando manter o mesmo nível na sequência.

Recentemente, em agosto de 2019, o jogador assinou com o Kayserispor, da Turquia, emprestado pelo próprio Sion, onde busca seu espaço e conquistar a confiança da torcida.

error: Futebol Latino 2019