Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Por onde anda Elkeson, ex-Botafogo e Vitória

Revelado profissionalmente pelo rubro-negro baiano, Elkeson ganhou ainda mais projeção nacional ao chegar no futebol carioca

*Por Mônica Alvernaz

A história de Elkeson de Oliveira Cardozo, hoje com 29 anos, começou no Maranhão em 13 de julho de 1989. Anos depois, ainda na infância, ele deu seus primeiros passos dentro das quatro linhas no futebol baiano.

Leia mais: Peñarol bate Fénix e conquista o Apertura do Campeonato Uruguaio
Conmebol adianta o início das Eliminatórias e pensa na criação da Liga das Nações Sul-Americanas

Foi pelo Vitória que Elkeson começou a carreira de jogador. O atacante passou por algumas categorias de base do rubro-negro até chegar à equipe profissional no clube baiano.

Foram pouco mais de dois anos vestindo a camisa do Vitória, período no qual Elkeson atuou em quase 100 partidas e deixou sua marca em 18 oportunidades. No rubro-negro baiano, o atacante ainda conquistou três títulos: dois campeonatos estaduais, em 2009 e 2010, e uma Copa do Nordeste, no mesmo ano do segundo título local.

O bom desempenho na equipe do Vitória, acabou despertando o interesse do Botafogo e Elkeson trocou a Bahia pelo Rio de Janeiro em 2011. Pelo alvinegro carioca foram duas temporadas, quase 100 partidas e 26 gols. Apesar de não ter ganhado nenhum título pelo clube, Elkeson saiu com uma boa imagem do Botafogo, com quem manteve boa relação anos depois.

Quando deixou o alvniegro carioca, Elkeson viajou para o outro lado do mundo para atuar no futebol chinês. No continente asiático, sua história começou no Guangzhou Evergrande. Elkeson vestiu a camisa do clube por três temporadas e começou uma história de grande destaque no futebol chinês.

O atacante vestiu a camisa do Guangzhou Evergrande em mais 100 partidas e teve uma excelente marca de gols: durante as três temporadas, Elkeson balançou as redes adversárias em 77 oportunidades. Pelo clube, ele ainda faturou três Super Ligas Chinesas.

Em 2016, Elkeson trocou o Guangzhou Evergrande pelo Shanghai SIPG, por onde joga atualmente. Desde então, ele já atuou em quase 100 partidas e marcou 49 gols, sendo 8 apenas na temporada atual. Pelo Shanghai, ele ainda ganhou mais uma Super Liga Chinesa, além do título que faturou da Super Copa local.

Os excelentes números de Elkeson na China o tornaram ídolo e deixaram seu nome marcado na história de lá. Dentre os mais goleadores do futebol local, Elkeson se transformou no estrangeiro com o maior número de gols na história do futebol chinês.

Apesar da boa fase vivida na China, o atacante não descarta um possível retorno ao Brasil. Pela distância da família, Elkeson destacou em entrevista no final de 2018 que pretende retornar ao futebol brasileiro em dois ou três anos. Por aqui, nos resta aguardar a decisão do atacante artilheiro do futebol chinês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019