Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Por Onde Anda Lucas Leiva, o craque ex-Grêmio

Foto: Divulgação

*Por Danilo Di Grado

Lucas Pezzini Leiva, ou simplesmente conhecido no Brasil como Lucas Leiva, iniciou sua trajetória no futebol profissional atuando no Grêmio, em meados de 2005.

Leia Mais: Barbada: Libertad defende liderança contra o General Díaz em casa
Deportivo Cali cede empate no fim na abertura de rodada na Colômbia

Logo em sua estreia, defendeu o Tricolor na Série B em partidas como a famosa Batalha dos Aflitos, em 2005, quando o time gaúcho derrotou o Náutico, conseguindo seu retorno para a elite do futebol brasileiro.

Com bom destaque, Lucas chegou a ser peça fundamental no elenco. Em 2006, devido suas boas atuações, o craque ainda fez parte do time que conquistou o Campeonato Gaúcho na época, além da boa campanha no Brasileirão.

No ano seguinte, em 2007, após conquistar um novo Estadual, por muito pouco o atleta não alcançou seu maior título com a camisa do Grêmio. Sendo derrotado pelo Boca Juniors na grande final da Libertadores, deixou seu nome marcado na história do time.

Com tanto destaque no clube, Lucas Leiva despertou a atenção do Liverpool. Chegando ao clube inglês no segundo semestre, fez sua estreia diante o Portsmouth.

No entanto, seu primeiro tento demorou alguns meses para sair. Já em 2018, em partida pela Copa da Inglaterra, balançou as reses do Havant & Waterlooville.

Ganhando moral nos Reds, o brasileiro manteve uma boa regularidade na equipe. Até a temporada 2010/2011, foi titular em quase todas as partidas, conseguindo até se consolidar como maior roubador de bolas do campeonato inglês, isso na mesmo temporada.

Já na temporada 2011/2012, chegou a sofrer uma lesão que o tirou de campo durante um tempo. Sendo assim, nas temporadas seguintes, voltou a aparecer em alguns jogos do Liverpool.

Em todos esses anos atuando na Inglaterra, Lucas chegou a defende a Seleção Brasileira Sub-20, conquistando em 2007 um Campeonato Sul-Americano, e em 2008 uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China. Pela Seleção principal, foi lembrado por Mano também em 2011, para disputar a Copa América, na Argentina.

Voltando ao continente europeu, o volante chegou a passar por momentos instabilidade nas temporadas 2013/2014 e 2014/2015, não conseguindo ter espaço no time.

Sendo 2016/2017 sua última temporada no clube inglês, já que em julho de 2017 acabou acertando sua ida para a Lazio, da Itália, chegou a demonstrar, através de sua rede social, o profundo carinho por ter atuado 10 anos nos Reds.

No clube italiano, onde está atualmente, Lucas já conquistou títulos importantes como a Supercopa da Itália (2017 e 2019), além da Copa da Itália (2018/2019). Com mais que 100 jogos completados, balançou as redes adversárias 4 vezes até então.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019