Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Por onde anda Mariano, ex-Fluminense, Atlético-MG e Cruzeiro

Revelado no futebol paulista,o lateral passou por cinco clubes brasileiros antes de deixar o país rumo ao futebol europeu

*Por Mônica Alvernaz

O pernambucano Mariano Ferreira Filho, hoje com 33 anos, nasceu em 23 de junho de 1986 na cidade de São João. Mas foi no futebol paulista que o lateral iniciou nos gramados do país.

Leia mais: Olimpia é campeão do Paraguai pela 43ª vez
Antes do Flamengo, Peñarol vence no Uruguaio; Confira os resultados

Em 2003, ainda na base do Guarani, Mariano deus os primeiros passos no futebol. Pelo clube paulista, o lateral atuou por dois anos, até chegar ao time principal. Neste período foram mais de 40 partidas e um gol marcado.

Na saída do Guarani, o lateral trocou São Paulo por Minas Gerais,onde passou por três clubes. Primeiro passou pelo Ipatinga, seguindo para o Cruzeiro, retornando ao Ipatinga e, por fim, no Atlético-MG.

O desempenho do Mariano pelos clubes mineiros foi similar: sem gol marcado e título conquistado, o lateral acabou deixando Minas Gerais em 2008 rumo à capital carioca.

No Rio de Janeiro, Mariano teve seu momento de grande destaque na carreira. Ao vestir a camisa do Fluminense, o lateral conquistou o Brasileirão de 2010, quando foi eleito o melhor na sua posição no torneio. Em quase 200 partidas com a camisa tricolor, Mariano deixou sua marca em nove oportunidades.

O ano de 2010 foi de grande importância para o lateral, que ainda recebeu prêmio como bola de prata pela Seleção Brasileira. Com seu grande destaque pelas três temporadas pelo Fluminense, Mariano conseguiu carimbar o passaporte para uma experiência fora do Brasil.

Sua primeira parada foi o Bordeaux, da França. Mariano vestiu a camisa da equipe em quase 150 oportunidades, deixou sua marca quatro vezes e levantou o caneco da Copa da França na temporada 2012-2013.

Em 2015, Mariano trocou o futebol francês pelo espanhol, onde passou a defender o Sevilla. A exemplo do que aconteceu no clube anterior, o lateral garantiu a conquista de um torneio. Neste caso, a Liga da Europa, na temporada 2015-2016.

Dois anos mais tarde, o lateral acabou trocando a Espanha pela Turquia, para defender, até o momento, o Galatasaray. Em sua segunda temporada pelo clube, ele já acumula um título do campeonato turco e a premiação de melhor lateral direito da temporada passada.

No final do ano passado e no início de 2019, alguns rumores davam conta do retorno de Mariano ao Brasil. Primeiro para o Flamengo e posteriormente para o São Paulo. No entanto, nenhuma das negociações se concretizou e o lateral seguiu no futebol turco.

Com vínculo no Galatasaray até 2020, Mariano tem alta multa rescisória para deixar o futebol turco. Tal fator, aliado à boa fase que Mariano vive no atual clube, pode ser um obstáculo no retorno ao Brasil.