Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Por Onde Anda Rafael Carioca, ex-Vasco, Grêmio e Atlético-MG

Jogador bom desempenho atuando por grandes clubes no Brasil, ganhando destaque principalmente no Galo, antes de transferir-se para o futebol mexicano
clima-duelo-de-volta-atletico-mg-x-racing-fica-quente-Futebol-Latino-29-04

*Por Danilo Di Grado

Rafael de Souza Pereira, ou mais conhecido por Rafael Carioca, iniciou sua trajetória no futebol profissional atuando pelo Grêmio.

Leia Mais: Equipe espanhola mostra humildade e exalta desempenho de Messi
Antes de duelo pelo campeonato argentino, Gallardo rasga elogios a Mascherano

Ganhando a oportunidade em meados de 2008, o atleta mostrava personalidade em campo. Com bons desempenhos nos jogos, foi ganhando a confiança dos treinadores.

Chegando a quase 40 jogos disputados com a camisa do Imortal, não chegou a marcar gols em sua passagem e nem conquistou títulos no clube. Entretanto, chamou a atenção fora do país e, ao final do mesmo ano, acertou com o Spartak Moscou.

Vivendo a experiência de jogar em gramados europeus, o atleta, por sua vez, chegou a ficar pouco tempo por lá. Em 2010, o Vasco acertou seu empréstimo e, logo na chegada do time carioca, destacou que a volta ao Brasil seria interessante para sua carreira.

“O projeto que o Vasco me apresentou me convenceu, foi muito interessante. Percebi que era algo que realmente poderia dar certo na minha carreira”, disse na época.

Tendo uma boa passagem pela equipe, chegando a ser titular em muitas partidas, assim como foi no clube gaúcho, também não chegou a marcar gols.

Após retornar novamente para a Rússia, Rafael acabou jogando algumas temporadas até retornar ao Brasil pela terceira vez, porém apenas em 2014. Desta vez, o desafio do craque era no Atlético-MG.

Chegando ao Galo no segundo semestre, o volante também conseguiu realizar boas partidas, sendo uma das principais peças no elenco da equipe mineira. Com isso, na metade de 2015, o clube chegou a adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta.

Na época, o presidente Daniel Nepomuceno chegou a falar com o site Superesportes sobre a negociação, destacando o motivo da compra dos direitos.

“Jogador moderno e profissional sério. O posicionamento do Carioca foi essencial para o sucesso da compra dos direitos. Durante todo o tempo ele defendeu a vontade de ficar e ser campeão pelo clube”.

Fazendo parte do elenco que conquistou títulos como a Copa do Brasil (2014), Campeonato Mineiro (2015 e 2017), além da Flórida Cup (2016), também balançou as redes adversárias por 5 vezes.

Sendo assim, apenas em 2017 o jogador acabou deixando o time. No mesmo ano, acertou com o Tigres, do México, onde atua desde então. Até o momento, conquistou títulos como o Apertura (2017), além de uma Supercopa Campeão dos Campeões (2018).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019