Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Presidente da AFP fala sobre Gustavo Gómez: “O liberamos para jogar pelo Palmeiras”

Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras

*Por Mônica Alvernaz

A coincidência da última data FIFA de 2018 e a reta final da temporada brasileira gerou breve preocupação ao Palmeiras. Entre os nomes selecionados para defender o Paraguai nos amistosos, Gustavo Gómez precisou pedir liberação junto a AFP.

Leia mais: Ex-técnico do Flamengo fala sobre comandar uma seleção: “É preciso paciência e equilíbrio”
Zagueiro de Cerro Porteño fala de disputa pelo título: “Brigaremos até o fim”

Durante coletiva de imprensa, Robert Harrison falou sobre o caso, destacando a importância de Gustavo Gómez para a seleção paraguaia.  “Tivemos 36 jogadores na lista inicial, então o Osorio foi fazendo algumas alterações. Gómez é o nosso capitão e atualmente é um jogador importante para o Palmeiras“.

Harrison ainda comentou sobre a conversa com a diretoria alviverde e o consenso sobre o caso. “Conversamos com os responsáveis pelo Palmeiras, mas não estamos com a intenção de atrapalhar os clubes. Tudo foi feito como se deve, o pedido foi feito da forma correto e dentro do prazo. O liberamos para jogar as últimas partidas do campeonato pelo Palmeiras”.

Por fim, o presidente da AFP falou sobre a expectativa para o próximo ano da seleção paraguaia, garantido a permanência do técnico da equipe. “Juan Carlos Osorio demonstra ser comprometido. Estou confiante que tem as melhores intenções com a nossa seleção. Ele será o técnico nas Eliminatórias e na Copa América em 2019″.

Sem Gustavo Gómez, o amistoso entre Paraguai e África do Sul está marcado para a próxima terça às 18h no Estádio Moses Mabhida, localizado no país do adversário da seleção comandada por Osorio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *