Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Presidente da Federação Colombiana de Futebol revela motivo da não convocação de James na última data FIFA

"É uma questão de conveniência com o jogador. O professor Queiroz conversa permanentemente com ele", disse Ramón Jesurún
diagnostico-europeu-sobre-lesao-de-james-rodriguez-difere-da-selecao-Futebol-Latino-07-07

*Por Danilo Di Grado

Sendo um dos principais desfalques na última data FIFA, em outubro, quando a seleção colombiana disputou dois amistosos contra o Chile e Argélia, James Rodríguez foi assunto na entrevista exclusiva que o Presidente da Federação Colombiana de Futebol, Ramón Jesurún, cedeu à seção ‘Palabras Mayores’, do ‘Planeta Fútbol’, do ‘Antena 2’.

Leia Mais: Zidane volta a elogiar jovem uruguaio do Real Madrid: ‘tem personalidade’
De olho no Pré-Olímpico, CBF mira liberação de Rodrygo e Vinícius Júnior

Sobre a ausência do camisa 10, o jornalista Guillermo Arango contestou o fato da não convocação do atleta do time espanhol.  Com isso, Ramón contou que foi uma ‘questão de conveniência com o jogador’, além de que Carlos Queiroz costuma ter contato direto com James. O mandatário ainda ressaltou que há um bom relacionamento entre os jogadores e a comissão técnica da seleção.

“É uma questão de conveniência com o jogador. O professor Queiroz conversa permanentemente com ele. Antes da convocação, eles tiveram uma reunião de três a quatro horas e concordaram que era importante para ele ter um trabalho conjunto no Real Madrid e assim era, mas aqui não há nenhum problema, o relacionamento da equipe técnica com cada um dos jogadores é excepcional”, declarou.

O presidente ainda pontuou que o camisa 10 voltará a atuar Colômbia em breve.

“James estará na Seleção, a qualquer momento ele voltará, não vamos nos preocupar com isso”, finalizou.

 

error: Futebol Latino 2019