Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Presidente do Boca Juniors descarta Guerrero e Cardona

Jorge Ameal, mandatário Xeneize, declarou que os dois jogadores não irão defender o clube neste primeiro semestre
riquelme-coloca-guerrero-como-um-dos-reforcos-desejados-para-o-boca-Futebol-Latino-22-11

Paolo Guerrero e Edwin Cardona, dois dos nomes mais especulados dentro do Boca Juniors, não irão defender o time da La Bombonera, pelo menos neste primeiro semestre de 2020.

Leia Mais: Barcelona de Guayaquil mira o Flamengo na Libertadores
Everton fica bem abaixo da pedida da Inter de Milão por Matías Vecino

Em conversa com o canal TyC Sports, o mandatário Xeneize explicou os motivos que fizeram o clube desistir da contratação da dupla.

“Paolo Guerrero não vem mais. Muita gente pediu que eu o contratasse, mas o treinador está satisfeito com o seu plantel e vamos esperar mais um pouco. Estamos bem. Este mercado de transferências tem algo complicado que atende pelo nome de dólares”, afirmou.

“Não acredito que Cardona venha. Na hora certa todos vão saber a verdade”, completou o dirigente ao falar do meia colombiano.

Sem reforços e na vice-liderança da Superliga Argentina, o Boca Juniors volta a campo no próximo domingo, quando visita o Talleres, em Córdoba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019