Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Promessa argentina rejeitou gigante inglês para ficar no San Lorenzo

City
Divulgação/San Lorenzo

* Por Roberto Junior

Jovem atacante do San Lorenzo, Agustín Hausch, de 17 anos, chamou atenção do Manchester City recentemente, mas seus pais, que representam a carreira do jogador, decidiram manter o atleta na equipe de Almagro.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q3_SOC

leia mais: Ángel Romero renasce na estreia do Paraguai nas Eliminatórias
De Bruyne minimiza fato de Messi não ter acertado com o Manchester City

Hausch, que marcou dois gols neste fim de semana no amistoso diante do Talleres, viu os Citizens fazerem contato há três anos atrás pela joia. Maurício e Mariela, porém, analisaram que seria um passo maior que a perna e recusaram a proposta.

“Veio falar conosco um representante do Manchester City. Consideramos que era dar dois passos antes de um, e decidimos que ele ficasse no San Lorenzo. Ele era muito novo, tinha 13 ou 14 anos e estava muito bem na equipe”, declarou Maurício em entrevista a um canal de torcedores do time de Almagro.

O pai de Agustín Hausch ainda fez uma revelação bombástica ao revelar que uma convocação de Pablo Aimar, técnico da Argentina Sub-17, impediu que a promessa abandonasse o futebol.

“Houve um momento em que ele pensou em deixar o futebol, mas poucos dias depois disso lhe chamaram para a jogar pela seleção e isso levantou seu ânimo”, contou Maurício. “No segundo treino, ele deu uma caneta em Pablo Aimar”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *