Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Protocolo sanitário da Conmebol é aprovado em reunião do Conselho

quase-r-76-milhoes-sao-distribuidos-pela-conmebol-as-suas-filiadas-Futebol-Latino-30-04
Foto: Norberto Duarte/AFP

A previsão de volta dos torneios continentais na América do Sul teve um importante avanço na manhã dessa sexta-feira (19). Isso porque, em reunião do Conselho da Conmebol por videoconferência, o protocolo sanitário pensando nos treinamentos, viagens e realização das partidas foi aprovado.

Betwinner

Leia mais: Thiago Silva já teria destino preferido… e não é o futebol brasileiro
Gigante da Argentina é ameaçado por conta de jogador; Entenda

Os documentos, chamados de Protocolo de Recomendações Médicas para Treinos, Viagens e Competições e o Manual Operacional de Chegadas e Saídas em aeroportos, foram aprovados em caráter unânime depois de análise feita por representantes dos 10 países associados: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

A contribuição para a construção do protocolo teve participação direta de todas as entidades associadas em parceria com epidemiologistas indicados pela própria Conmebol e a Comissão Médica da entidade que rege o futebol na América do Sul.

Segundo declarou o presidente da Confederação, Alejandro Domínguez, a ideia foi estabelecer um conjunto de medidas em que todas as nações tivessem condições de aplicá-las visando a garantia da segurança sanitária de todos os envolvidos:

“É fundamental enfrentar a retomada do futebol com um documento base de procedimentos e medidas de prevenção gerais que possam ser aplicadas de maneira minimamente comum nas diferentes Associações Membro e, assim, garantir a saúde de todos.”

Com isso, a tendência é que, nas próximas semanas, a entidade avance na questão do estabelecimento de datas concretas para o retorno tanto da Copa Libertadores como da Copa Sul-Americana sendo que, por ora, o mês de setembro é a projeção tratada como mais provável.

Já no caso das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, a Conmebol ratificou que, por se tratar de um torneio com organização da FIFA (sendo parte integrante da Copa do Mundo), é o órgão máximo do futebol quem deve elaborar os referentes protocolos de segurança sanitária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019