Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Relembre os maiores campeões da história da Copa Libertadores da América

esquadroes-libertadores-1965-independiente-vira-terceiro-bicampeao-em-seis-edicoes-Futebol-Latino-28-09
Foto: Reprodução/Internet

Quem é amante do futebol sul-americano sabe qual é o peso de conquistar uma Libertadores. Todos os anos, os principais clubes da América do Sul se enfrentam em uma das competições continentais mais difíceis do mundo.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Manchester City faz divertida montagem envolvendo Aguero e Neymar
Colombiano: No encerramento da rodada, Pasto derrota o Once Caldas

A Libertadores pode não ter o prestígio da europeia Champions League, mas definitivamente tem torcidas espetaculares em caldeirões incríveis, altitudes impressionantes que marcam quase 4 mil metros acima do nível do mar, rivalidade entre Brasil e Argentina, o sonho de uma vaga no Mundial de Clubes, cachorro invadindo o gramado e muito mais.

Todos esses fatores, sem citar as cifras milionárias do torneio, fazem com que aumente ainda mais o desejo de levantar o caneco. E por falar em títulos, tem clube que já venceu até sete vezes e nunca perdeu uma final sequer.

Ficou curioso para saber a lista dos maiores campeões? Então confere abaixo, mas já adiantamos que os brasileiros, infelizmente, não estão entre os cinco primeiros colocados.

relembre-os-maiores-campeoes-da-historia-da-copa-libertadores-da-america-Futebol-Latino-13-11
Foto: PxHere

Independiente – 7 títulos (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984)

Começamos a lista com o único clube que conseguiu a façanha de vencer sete vezes a competição mais difícil das Américas. Isso mesmo, não perca as contas, o Independiente lidera o ranking com incríveis sete troféus!

O tradicional clube argentino ainda defende outro recorde impressionante: venceu absolutamente todas as vezes em que chegou à final da competição. Ou seja, nunca amarelou para nenhum outro time, e isso que os hermanos já enfrentaram grandes pedreiras nos jogos decisivos, como Peñarol e São Paulo.

É por essas e outras que a equipe é mundialmente como conhecida como “Rei de Copas”.

Boca Juniors – 6 títulos (1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007)

Boca Juniors, também da argentina, é o segundo clube que mais vezes venceu a Copa Libertadores da América. Com tradição de dar inveja e uma camisa que entorta qualquer varal, o time de Buenos Aires já levantou seis canecos e é considerado um dos maiores carrascos dos brasileiros na competição.

Para se ter uma ideia do que é ter que enfrentar o Boca na Libertadores, apenas o Santos de Pelé (1963), o Fluminense (2008) e o Corinthians (2012) conseguiram eliminar os hermanos no mata-mata. Durantes décadas, o Boca sempre contou com jogadores de grande importância na história da competição e no futebol mundial, como Riquelme, Parlemo, Guillermo Schelotto e Tevez.

Destaque especial para Batistuta, ou melhor, o Batigol, atacante detentor de um dos melhores apelidos do esporte e que recebeu sua primeira oportunidade na seleção argentina quando ainda defendia as cores da camisa Xeneize.

Peñarol – 5 títulos (1960, 1961, 1966, 1982 e 1987)

Na terceira posição está o único uruguaio intruso em uma lista repleta de argentinos. O Peñarol, clube de Montevidéu, já levou para casa nada mais do que cinco canecos da Libertadores.

O maior campeão do Uruguai estreou na competição com o pé direito e venceu as duas primeiras edições. Além disso, os Carboneros ainda contam com o maior artilheiro da história da Liberta, Alberto Spencer, que marcou exatos 54 gols e ainda balançou as redes nas três finais que disputou.

River Plate (1986, 1996, 2015 e 2018)

Seguimos com outro gigante da Argentina. O River Plate, que impõe respeito seja qual for o adversário, já deu a volta olímpica nas Américas por quatro vezes. E poderia ter sido cinco, se no ano passado não tivesse deixado escapar uma vitória que já parecia certa contra o Flamengo.

Além da tradição imponente, os Millonarios também seguram a marca de ser o time mandou mais bolas na rede da competição: foram 594 gols em 357 jogos disputados.

Estudiantes (1968, 1969, 1970 e 2009)

Encerramos uma lista de maiores campeões da Libertadores da América que comprova a predominância argentina na competição. O Estudiantes, equipe de La Plata, assim como o River Plate, também conquistou expressivos quatro títulos.

Além dos troféus, os Pincharratas ainda podem se gabar do feito de ter acabado com o sonho da conquista da Copa Libertadores de duas equipes brasileiras: Palmeiras, em 1968, e Cruzeiro, em 2009.

Demais campeões:

– Grêmio – 3 (1983, 1995 e 2017)

– Nacional – 3 (1971, 1980 e 1988)

– Olímpia – 3 (1979, 1990 e 2002)

– Santos – 3 (1962, 1963 e 2011)

– São Paulo – 3 (1992, 1993 e 2005)

– Atlético Nacional – 2 (1989 e 2016)

– Cruzeiro – 2 (1976 e 1997)

– Flamengo – 2 (1981 e 2019)

– Internacional – 2 (2006 e 2010)

– Argentinos Juniors – 1 (1985)

– Atlético-MG – 1 (2013)

– Colo-Colo – 1 (1991)

– Corinthians – 1 (2012)

– LDU Quito – 1 (2008)

– Once Caldas – 1 (2004)

– Palmeiras – 1 (1999)

– Racing – 1 (1967)

– San Lorenzo – 1 (2014)

– Vélez Sarsfield – 1 (1994)

– Vasco – 1 (1998)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *