Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

River Plate empata, Boca Juniors vence e fica com a taça da Superliga Argentina

river-plate-empata-boca-juniors-vence-e-fica-com-a-taca-da-superliga-argentina-Futebol-Latino-08-03
Foto: Divulgação/Boca Juniors

Contrariando a ordem das equipes na chegada a última rodada da Superliga Argentina, o Boca Juniors saiu com o título máximo nacional pela 34ª vez em sua história após vencer o Gimnasia por 1 a 0 e ver o River Plate, fora de casa, empatar por 1 a 1 com o Atlético Tucumán.

Leia mais: Felipão não chega a acerto com diretoria do Colo-Colo
Fernando volta de lesão e espera sucesso no retorno ao Shakhtar Donetsk

Enquanto a partida de La Bombonera esteve em ritmo onde o Gimnasia mais se preocupava em não tomar gols do que efetivamente ser agudo no ataque, a partida em San Miguel de Tucumán se mostrava bastante agitada.

Enquanto aos 19 minutos o atacante Javier Toledo antecipou a zaga riverista na primeira trave para marcar o gol dos anfitriões, Matías Suárez foi preciso ao acompanhar o lance onde Milton Casco foi acionado com liberdade pelo lado esquerdo do ataque e cruzou rasteiro para o atacante bater de primeira, fugindo do alcance de Lucchetti.



Em Buenos Aires, a volta do intervalo era bastante tensa no aspecto de que, enquanto o Boca se via obrigado a atacar e buscar ao menos um gol que lhe daria o título momentâneo com o empate do arquirrival, abria espaços para o contra-ataque dos Lobos que começou a aparecer acionando, essencialmente, a força física de Leandro Contín. De tamanha pressão que fez, com 27 minutos Tevez recebeu bola na altura da meia-lua e bateu firme onde o goleiro Jorge Broun até chegou na bola, mas ela ainda assim balançou as redes.

Já no Monumental José Fierro, a partida ganhou contornos mais quentes justamente após o tento da capital argentina que fazia o título “escorrer” pelos dedos do River Plate ficando a partida notoriamente mais aberta para as duas frentes.

Porém, no fim, com a manutenção da igualdade e a vitória do time Xeneize, quem teve motivos de sobra para comemorar após os apitos finais foi o time Azul y Oro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019