Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Rodolfo Fischer, lenda do San Lorenzo, morre aos 76 anos de idade

rodolfo-fischer-ex-botafogo-e-vitoria-morre-aos-76-anos-de-idade-Futebol-Latino-16-10
Foto: Divulgação/EC Vitória

Ex-jogador que tem passagem por diversas equipes no futebol sul-americano, o argentino Rodolfo Fischer morreu nessa sexta-feira (16) vítima de um câncer em sua terra natal.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q3_SOC

Leia mais: Técnico do Liverpool faz elogios a Allan, James Rodríguez e Richarlison
Apostas esportivas são oportunidades para se envolver ainda mais com um esporte

Apesar de ter vestido a camisa de clubes como Once Caldas, Sarmiento de Junín e Belgrano, os períodos mais marcantes vividos pelo Lobo (apelido de Fischer) foram vestindo as camisas de San Lorenzo (clube que o revelou), Botafogo e Vitória. Não à toa, nas redes sociais, os três clubes fizeram uma postagem de lamentação do fato.

Em período onde o intercâmbio de atletas era bem mais complexo, Rodolfo se consolidou no futebol brasileiro passando cinco temporadas no clube carioca, virando o estrangeiro com mais jogos no clube através das 180 aparições. Já no Rubro-Negro de Salvador, mesmo em passagem de apenas um ano, os 31 tentos em 41 jogos elevaram o jogador a uma das figuras lembradas com carinho pelo torcedor do Vitória.

Já no Ciclón, o seu faro goleador rendeu não apenas dois títulos do Campeonato Argentino, mas também ser incluso na estatística de um dos maiores artilheiros da história do San Lorenzo. Ao todo foram 141 gols em 242 partidas.

A seleção da Argentina, apesar de viver um período difícil entre o fim dos anos 60 e o início dos anos 70 onde chegou a ficar de fora da Copa do Mundo realizada no México, também desfrutou do faro goleador do Lobo já que, em 35 vezes que ele representou seu país, ele balançou as redes 12 vezes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *