Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Sem valorização no salário, Nández pode deixar o Boca Juniors

Volante uruguaio quer aumentar o seu ganho mensal, mas a diretoria Xeneize não quer abrir o bolso

O fim do ano se aproxima e o Boca Juniors vive impasse com um dos principais jogadores. Em alta após a excelente temporada, o volante Nahitan Nández quer uma valorização salarial e renovar seu contrato, mas o time Xeneize não quer abrir o bolso.

Leia Mais: Maxi Rodríguez se despede do Peñarol com mensagem emocionante
Teo Gutiérrez revela se permanece ou não no Junior Barranquilla

Na tarde desta sexta-feira, o presidente do clube, Daniel Angelici, entregou a oferta ao staff do jogador que não aceitou a proposta. Agora, a expectativa é que Oscar Bentancourt apresente uma contraproposta.

O contrato do jogador é válido até a metade de 2020 e caso não tenha um acordo de valorização salarial, o empresário do uruguaio cogita oferecer o jogador no mercado.

Contratado junto ao Peñarol, Nández chegou ao Boca Juniors em janeiro e desde então assumiu a titularidade no meio-campo. Dono de um futebol moderno, com facilidade para atacar e defender, o jogador é sinônimo de raça e peça fundamental no elenco Xeneize.