Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Será uma batalha em Mendoza! O Grêmio pode vencer o Godoy Cruz na Argentina? Veja a prévia do duelo!

Brasileiros e argentinos se enfrentam na abertura das oitavas de final da Libertadores nesta terça-feira

Acabou a espera: vai começar a fase de mata-mata da Copa Libertadores! Depois de mais um mês de pausa, finalmente os jogos de ida das oitavas de final vão acontecer. Serão oito duelos entre os dias 4 e 6 de junho – e o primeiro deles acontece já na noite desta terça-feira (4) às 19h15: o Grêmio viaja até a província de Mendoza para medir forças com o Godoy Cruz. O confronto promete ser mais uma batalha para a história da região que é próxima da Ilha das Malvinas e foi peça importante na guerra entre argentinos e ingleses. Será que o time brasileiro aguenta a pressão?

Leia Mais: Libertadores: Conheça os destaques dos times estrangeiros do mata-mata
Oitavas de final da Libertadores começa com dois jogos nesta terça-feira

Bem, se há um time do Brasil com esse DNA ‘peleador’ do futebol latino é o Grêmio. Tanto que as casas de aposta colocam o Tricolor como grande favorito no duelo: um triunfo brasileiro no Estádio Malvinas Argentinas rende R$2,45 a cada real; já uma vitória argentina mais do que triplica o investimento – paga R$3,10 por real segundo dados do Oddsshark.com/br. Quem vai voltar de lá vitorioso? Veja a prévia da ‘batalha de Mendoza’:

O Imortal está voando na Libertadores!

Somente Atlético-MG e Lanús tiveram um aproveitamento melhor do que o do Grêmio na Libertadores: a equipe terminou a fase de grupos na terceira colocação geral e pode decidir todos os confrontos em casa até uma hipotética final em novembro se os dois primeiros forem eliminados.. Apesar de ter enfrentado adversários mais tranquilos do que os rivais, o Tricolor confirmou o favoritismo e garantiu a primeira colocação do Grupo 8 com autoridade: quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota.

Já o Godoy Cruz não fez a campanha dos sonhos de seu torcedor, mas jogou o suficiente para ficar atrás do Atlético-MG e garantir a segunda colocação do Grupo 6 com 11 pontos ganhos. A equipe argentina soube explorar as fraquezas do sofrível Sport Boys (BOL) e levou a melhor nos confrontos diretos contra o Libertad (PAR).

Momento histórico para os hermanos

Não é exagero nenhum dizer que o embate de logo mais será o jogo mais importante da história do Godoy Cruz. O Tomba, como é conhecido, é o time mais importante do interior da Argentina, entretanto, possui um histórico horroroso na Copa Libertadores. Esta é somente a terceira participação dos hermanos na competição e a primeira vez que eles chegam na fase de mata-mata.

A empolgação tomou conta de Mendoza: há uma mobilização nas redes sociais para que os torcedores lotem o Malvinas Argentinas – com capacidade para 42 mil pessoas. O duelo também carrega uma carga emocional por ser possivelmente o último jogo do Godoy Cruz em sua casa nesta temporada, que acabou por lá com o título do Boca Juniors, e a despedida do goleiro Rodrigo Rey – uma das referências da equipe que acertou sua transferência para o futebol europeu.

O Grêmio de 2017 está simplesmente arrasador

Apesar do título da Copa do Brasil no ano passado, poucos esperavam um primeiro semestre tão dominante do time gaúcho em 2017. O técnico Renato Gaúcho surpreendeu a todos com um time bem sólido na defesa e que agride demais os adversários com um ataque rápido e envolvente. O Imortal computou 12 jogos de invencibilidade e chegou a flertar com a liderança do Brasileirão até cair diante do Corinthians em sua Arena. A equipe logo reagiu e enfiou 4 a 0 no Atlético-PR nas quartas da Copa do Brasil.

Já o Godoy Cruz mostrou bastante instabilidade ao longo da temporada – algo bem natural se tratando de uma equipe bastante jovem. O Tomba terminou apenas na 14ª colocação do Campeonato Argentino e não se classificou para a Libertadores de 2018, portanto, os garotos devem dar a vida em campo esta noite. A equipe computa cinco vitórias, três derrotas e dois empates nos últimos dez compromissos.

Odds segundo o Oddsshark.com/br: (3.10) Godoy Cruz x Grêmio (2.45) – Empate paga 3.20

Prováveis escalações:
Godoy Cruz:
Rey; Abecasis, Galeano, Olivarez e Angieri; Verdugo e Henrique; Fernandez, Gimenez e Silva; Correa.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios.

No que apostar?

Primeiramente? Número de gols. O Godoy Cruz marcou em todos os jogos em casa e o Grêmio balançou as redes em todas as partidas como visitante na Libertadores, portanto, a opção de ambos marcam é uma ótima pedida a R$2,00 por real segundo o Oddsshark.com/br. Como a expectativa é de um jogo bem truncado, para não dizer violento, a aposta de uma partida com menos de três gols é bem viável e rende R$1,70 por real.

Palpite: Certamente o Grêmio é o grande favorito no confronto e deve se classificar sem maiores sustos, entretanto, dificilmente o Imortal volta de Mendoza com a vitória. A batalha entre brasileiros e argentinos não terá vencedor: Grêmio e Godoy Cruz vão empatar em 1 a 1 – resultado que paga R$5,50 no placar exato.

error: Futebol Latino 2019