Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Sul-Americana: 12 de Octubre vence Nacional nos pênaltis e vai a fase de grupos do torneio

Sul-Americana
Divulgação/Nacional Asunción

* Por Roberto Junior

Após um empate sem gols no duelo de ida da fase preliminar da Copa Sul-Americana, os paraguaios Nacional e 12 de Octubre fizeram um jogo nada animador no Defensores Del Chaco, em Assunção, e repetiram o placar do primeiro jogo no confronto de volta. Nas penalidades máximas, os visitantes venceram por 5 a 4 e seguem na competição continental.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q3_SOC

Leia mais
Sul-Americana: Emelec vence o Macará e avança na competição

Agora classificado, o 12 de Octubre vai aguardar o sorteio da Conmebol para saber em qual grupo da Copa Sul-Americana a equipe da cidade de Itauguá vai ficar. A definição vai acontecer na sexta-feira (9).

JOGO FRACO NA PRIMEIRA METADE

Apesar das equipes mostrarem muita movimentação, a criação de ambas equipes estavam em falta e o duelo ficou monótono. Apenas uma tentativa de perigo feita pelo 12 de Octubre, mas foi a única na primeira metade da etapa inicial. As transições da defesa para o ataque tanto do Nacional quanto do 12 de Octubre deixaram a desejar no aspecto de qualidade.

Chutes e jogadas de perigo foram escassas até os 22 minutos da etapa inicial, onde os goleiros poucos trabalharam.

BOA JOGADA, PÉSSIMA TENTATIVA

O 12 de Octubre chegou com perigo aos 34 minutos. Após cruzamento da direita, a zaga falhou e a bola sobrou limpa, dentro da pequena área, para Velazquez. Mas o atacante não contava com o erro do defensor do Nacional e após a bola chegar no “susto” ele fez um péssimo arremate de coxa. Foi a melhor chance do jogo que teve raras oportunidades até então.

PRIMEIRO TEMPO FICOU DEVENDO

O 12 de Octubre, mesmo visitante, teve a maior posse de bola e, apesar de serem duas apenas, foi o melhor time no péssimo primeiro tempo. O Nacional não mostrou vontade e as bolas trabalhadas não tiveram sucesso diante da defesa dos visitantes.

QUE DEFESA… MAS NÃO TAVA VALENDO

Já no segundo tempo e em uma das raras chances do Nacional no jogo, a equipe de Assunção cruzou da esquerda. A bola foi ajeitada para Gaona dentro da área e o atacante chutou de bate pronto e o goleiro Cardozo defendeu magistralmente.

O lance, porém, já estava parado por toque de mão na hora que ajeitaram para o arremate do camisa 33.

SUSTO NO 12 DE OCTUBRE

Darío Rios torceu o joelho em um lance no meio-campo e precisou de atendimento. O meio-campista ainda tentou voltar, mas não ficou muito em campo e, mancando, foi substituido por Victor Barrios aos 16 minutos.

PERDEEEU O GOL NO APAGAR DAS LUZES

Já nos acréscimos do segundo tempo, o 12 de Octubre fez uma trama pela direita e cruzou. Marabei chegou na frente da zaga, mas chutou para fora em uma bola que passou muito perto do gol.

PENALIDADES MÁXIMAS PARA DECIDIR O CLASSIFICADO

Nas cobranças de pênaltis, Walter Clar perdeu pelo lado no Nacional enquanto o 12 de Octubre teve 100% de aproveitamento. Ou seja, com 5 a 4 no placar, o time de Itauguá se classificou para a fase de grupos da Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL X 12 DE OCTUBRE – PRIMEIRA FASE DA SUL-AMERICANA – VOLTA
Estádio: Defensores Del Chaco, Assunção (PAR)
Data e hora: 6 de abril de 2021, às 19h15
Árbitro: Derlis Fabián López López (PAR)
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Jose Mendez (PAR)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Orlando Gaona, Edgardo Orzuza, Carlos Espinoza (NAC) / Juan Aguilar, Salinas (OCT)
Cartões vermelhos: –

GOLS: –

NACIONAL (Técnico: Hernán López)
Santiago Rojas; Carlos Espinoza, Claudio Nuñez, Ricardo Garay e Walter Clar; Cristian Riveros, Édgar Zaracho (Wilson Ayala, 14’/2ºT) e Edgardo Orzuza; Villagra (Coleman, aos 43’/2ºT), Orlando Gaona (Murillo, aos 26’/2ºT) e Carlos Arrua.

12 DE OCTUBRE (Técnico: Pablo Sarabia)
Mauro Cardozo; Cesar Benítez, Miguel Jacquet, Paulo da Silva e David Mendieta (Chavez, aos 45’/2ºT); Juan Aguilar, Victor Cáceres (Marcelo Paredes, aos 15’/2ºT), Richard Salinas e Darío Rios (Victor Barrios, aos 16’/2ºT); Pablo Velazquez e Ariel Nuñez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©