diagnostico-europeu-sobre-lesao-de-james-rodriguez-difere-da-selecao-Futebol-Latino-07-07
Foto: Fabrice Coffrini/AFP

A vida de James Rodríguez não anda nada fácil. Como se não bastasse o péssimo relacionamento do jogador com o técnico do Bayern de Munique, Niko Kovac, ele recebeu um recado via imprensa que a sua trajetória na seleção colombiana também está ameaçada.

Leia Mais: Lenda do futebol chileno revela futuro de Vidal após o Barcelona
Revelação da Argentina na mira de gigante do futebol europeu

Durante a apresentação de Carlos Queiroz, o novo técnico cafetero deixou claro que, se o camisa 10 não atuar com frequência no clube, dificilmente será convocado para defender seu país.

“Um jogador como ele (James Rodríguez) precisa atuar com frequência. É importante que tenha ritmo de jogo para ajudar a Colômbia. Jogadores que defendem o Real Madrid, Manchester United e Bayern de Munique estão no topo do futebol mundial e precisam corresponder de qualquer maneira”, declarou.

Vale lembrar que, nesta temporada, James foi pouco utilizado e só atuou em 15 partidas e anotou três gols. Números que deixam cada vez mais incerta a sua continuação no clube alemão no segundo semestre do ano.