Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

A coletiva de imprensa de Guillermo Barros Schelotto foi amena. Após a vitória por 2 a 0 na La Bombonera, o Boca ficou perto da vaga na semifinal e agora precisa de um empate no duelo da volta para ficar entre os quatro primeiros do torneio.

Leia Mais: Boca Juniors, com um a mais, passa pelo Cruzeiro em La Bombonera

Na visão do técnico, o time Xeneize foi bem e garantiu uma vitória justa. “Estamos contentes com a partida. Os dois gols de vantagem foram o retrato da nossa superioridade”, analisou.

Sobre a polêmica expulsão de Dedé após choque com Andrada, o treinador afirmou que ainda não viu o lance e saiu em defesa do árbitro.

“Não vi o que houve no lance, mas ao ver o cartão vermelho, interpreto que ele (Dedé) entrou com maldade ou força desproporcional. Algum motivo teve para expulsar. Quando jogamos com o VAR precisamos respeitar a lei”, afirmou.

O duelo da volta entre Boca Juniors e Cruzeiro acontece no dia 4 de outubro, no estádio do Mineirão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *