Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Técnico do Colo-Colo pede desculpas por gesto contra a própria torcida

Após a vitória do último fim de semana, Mario Salas pediu silêncio para a torcida alba que o criticava nas arquibancadas do Monumental

No último fim de semana, o Colo-Colo bateu a Universidad de Chile no clássico local e o técnico Cacique, Mario Salas mandou a própria torcida ‘calar a boca’ após o gol que deu a vitória a sua equipe no último minuto.

Leia Mais: De Rossi convive com questionamentos dentro do Boca Juniors
Ricardo Gareca dá declaração curiosa sobre Christian Cueva

A cena caiu como uma bomba nos bastidores do clube, que ainda luta pelo título nacional. Diante de tantas críticas, o comandante veio a público e pediu desculpas pelo ato.

“O gesto foi espontâneo na hora da comemoração. O apoio que recebemos das arquibancadas foi fantástico e na hora acabei me excedendo por um e outro que incomodaram. O clássico foi incrível e protagonizamos uma linda festa após o triunfo”, declarou na coletiva.

“Peço desculpas a quem se sentiu ofendido e não vou mais falar sobre isso. Agora, só toco no tema caso o Tribunal me chame para conversar”, completou.

Apesar do apelo para não conversar mais sobre isso, a tendência é que ele seja julgado e punido por até três jogos.