Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Técnico do Cruz Azul desabafa após nova derrota do clube

Foto: David Leah MEXSPORT

*Alex Dias de Souza

A derrota do Cruz Azul diante do Atlas, fez o clube acumular nove jogos oficiais sem vitória e aumentou a pressão sobre a equipe. O técnico do time mexicano, Paco Jemez, que chegou sob alguma desconfiança no clube, disse em coletiva que se ele for a razão pelo péssimo momento do clube, será o primeiro a sair.

Leia mais: Cruz Azul chega a um acordo com técnico espanhol, diz jornal

Treinador espanhol é apresentado no Cruz Azul: “Não prometo títulos”

“Quem acredita que aqui só pode cair treinador está errado, porque isso vai acontecer este ano, um outro e as pessoas vão sempre ver o jogo com os mesmos jogadores e com muitas outras pessoas. O que temos de estar cientes, é que estamos aqui todos fazendo o nosso trabalho. Ninguém pode saber se o treinador vai dar certo. Se eu sou realmente o problema, não preciso mais ficar aqui, vou pegar as malas e voltar para minha casa. Mas não devemos desistir do problema, temos que resolver tudo com trabalho e paz “, disse o técnico espanhol após a derrota da sua equipe.

O treinador também disse que essa é uma situação que nunca tinha vivido em sua carreira.

“Eu venho me dedicando a isso a muitos anos e nunca tinha visto uma  coisa assim na minha vida. Quando você pensa que já viu tudo, você percebe que não. Você tem que lidar com coisas diferentes. Eu só posso falar sobre  trabalho. Tenho uma equipe que funciona bem,  que joga um bom futebol. Eu não posso explicar o que estou vivendo aqui. Nunca tinha vivido isso em nenhum lugar “, disse o ex-treinador do Granada e Rayo Vallecano da Espanha.

O momento ruim da Cruz Azul não é bom, com o desempenho ruim no campeonato e sem pontuar, o clube está vendo os seus rivais diminuir a diferença na pontuação e a imprensa local põe em dúvida até mesmo a permanência do clube na elite do futebol mexicano.  Porém, 11 pontos ainda separam o time celeste do Monarcas, que luta contra o rebaixamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *