Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Técnico do Del Valle não vê a hora de reencontrar o Flamengo

tecnico-do-del-valle-ressalta-ter-jogado-de-igual-pra-igual-com-o-segundo-melhor-do-mundo-Futebol-Latino-20-02
Foto: Daniel Duarte/AFP

Um dos times mais interessantes da América do Sul é o Independiente Del Valle. Com um projeto ambicioso, o clube equatoriano faturou a Sul-Americana da temporada passada e neste ano faz um bom papel na Libertadores.

Leia Mais: Com medo de perder titular, Boca Juniors acerta com goleiro do rival
Renato Portaluppi comenta conversa que teve com técnico do Flamengo
Brasileirão: Bota surpreende Atlético e Inter assume a ponta; Veja a rodada



O técnico Miguel Ángel Ramírez é um dos responsáveis pelo sucesso e como não poderia ser diferente, mira duelos contra os gigantes do continente, entre eles, o Flamengo, que na temporada passada chamou a atenção na América.

Nesta temporada, além do confronto entre ambos na Recopa, Del Valle e Flamengo se enfrentam na fase de grupos da Liberta. Em conversa com o programa “Resenha ESPN”, o comandante relembrou os primeiros duelos e projetou o reencontro.

“Eu não imagino um cenário diferente, porque os elementos, digamos, continuam os mesmos… Sei que não valem as informações dos primeiros jogos antes de nos enfrentarmos, mas agora, tempo depois da Recopa, já temos muita vontade de voltar a nos encontrar na Libertadores, sobretudo por duas coisas”, declarou ao programa Resenha ESPN, antes de completar:

“Porque o resultado da volta foi muito duro, não? Creio que não seria o mesmo se Farelli marcasse o gol diante do goleiro, teira mudado a historia… Porém, queríamos enfrentar uma equipe que nos leva ao limite, que nos expõe a cada jogada, que nós, como comissão técnica, tenhamos que estudar os mínimos detalhes e treinar, porque são muito bons. Eles nos levam ao limite em cada jogada, em cada bola. Temos que estar muito concentrados para não cometermos erros ou cometermos o menor número de erros possível. E quem não gostaria de ter esse tipo de retorno, certo? Enfrentar a dificuldade e o Flamengo nos dá isso”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *