Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Tevez ficou perto de jogar por outro clube sul-americano pós-Corinthians

De acordo com Juan Pedro Damiani, ex-presidente do Peñarol, o argentino ficou perto de vestir a camisa do clube uruguaio na temporada 2006

Contratado pelo Corinthians em dezembro de 2004, Carlitos Tevez desembarcou no Parque São Jorge com a esperança de escrever o seu nome com a camisa do Timão, feito que alcançou com louvor.



Leia Mais: Felipe comenta sua visão sobre impacto do coronavírus na Espanha
Goleiro do futebol francês revela o time da América que gostaria de jogar

Durante os 20 meses que passou no Alvinegro, a sua maior conquista foi o Brasileiro de 2005, quando comandou o ataque de um time que marcou época dentro do clube.

Em agosto de 2006, a parceria Corinthians/MSI não andava bem das pernas e, após uma confusão com torcedores na saída do Morumbi, o jogador resolveu deixar o clube e vestir a camisa do West Ham.

Quase 14 anos depois, Juan Pedro Damiani, que era presidente do Peñarol naquela temporada, revelou que o atacante argentino quase vestiu o manto carbonero na saída do futebol brasileiro.

“Sempre busquei contratações de figuras importantes do futebol. Ao longo da minha trajetória como dirigente, consegui a contratação do Menotti, Chilavert e Forlán. Ficamos perto de trazer o Tevez na época que ele saiu do Corinthians. Na ocasião, não conseguimos acertar algumas coisas e a vinda não se concretizou”, afirmou o ex-mandatário Carbonero.

Depois que saiu do Corinthians, Tevez defendeu as cores do West Ham, Manchester United, Manchester City, Juventus e Shanghai Shenhua, da China. Atualmente, ele defende o Boca Juniors.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019