Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Em jogo de muitos gols, Unión Española aproveita vacilo do Cerro e vence em Montevidéu

Unión Española aproveitou vacilo do Cerro no final do jogo para conseguir uma importante vitória e encaminhar a classificação para a 3ª fase da Libertadores
Cerro-Unión-Española-Libertadores-Futebol-Latino-31-01

O Unión Española-CHI foi até Montevidéu e conseguiu uma importante vitória ao bater o Cerro por 3 a 2 no Estádio Luis Troccoli, em Montevidéu, pelo jogo de ida da 2ª fase da Copa Libertadores da América. Os gols da partida foram marcados por Pellejero e Pizzorno, para a equipe uruguaia, enquanto Churín, Salom e Jaime fizeram para os visitantes.

O primeiro tempo começou com o Cerro tomando a iniciativa do jogo, enquanto a equipe chilena adotava uma postura mais cautelosa, com uma marcação mais cerrada objetivando surpreender o time da casa no contragolpes. A equipe do Cerro chegou com perigo aos 13 minutos, quando o goleiro Sánchez saiu mal para cortar um cruzamento na grande área do Unión Española e o rebote sobrou para o atacante brasileiro Felipe Klein, que tentou tocar por cobertura, mas a bola passou sobre o travessão da equipe chilena.

O lance animou o Cerro, que dois minutos depois quase abriu com Klein, mas o chute acabou parando no goleiro Sánchez, que mandou para escanteio. Aos 29, Luna disparou em direção a grande área do Unión Española, mas foi parado com uma falta dura cometida por Ampuero, que acabou tomando cartão amarelo do árbitro brasileiro Luiz Flávio de Oliveira. Na cobrança da falta, Luna bateu no canto direito e goleiro Sánchez teve que se esticar todo para praticar a defesa.

A primeira boa chegada do Unión Española foi aos 35 minutos, quando Dominguez subiu sozinho e cabeceou em cima da zaga do Cerro. No rebote, o atacante Churín pegou de primeira e mandou para o fundo da rede do goleiro Britos, abrindo o placar no estádio Luis Troccoli.

A resposta do Cerro demorou apenas cinco minutos. Rodríguez cobrou falta na cabeça de Pellejero, que subiu livre de marcação para colocar a igualdade no placar. Quando o jogo caminhava para uma reação do Cerro, Churín lançou o atacante Salom que ganhou na velocidade do zagueiro Pizzorno e bateu na saída de Britos, deixando o Unión Española novamente na frente do placar.

Logo no início da etapa final o Unión Española assustou o torcedor uruguaio, quando Salom fez uma grande jogada, invadiu a área, e tocou para trás. Na finalização, Meneses acabou parando no goleiro Britos, que evitou o terceiro dos hispanos. Aproveitando-se do desespero do Cerro, os chilenos exploravam o contra-ataque e foi exatamente assim que Salom perdeu um gol incrível ao praticamente recuar a bola para o arqueiro adversário.

Aos 15, quase o time da casa chega ao empate, quando Luna recebeu bom passe na entrada da grande área de Felipe Klein e finalizou rasteiro, exigindo uma defesa espetacular de Sánchez. A pressão só aumentava e, aos 21, Franco cabeceou no canto, Sanchez se esticou todo para espalmar e no rebote Tancredi perdeu um gol incrível.

A dupla Klein e Luna dava muito trabalho pelo lado direito do ataque do Cerro e foi com eles que quase pintou o empate aos 30 minutos, quando Luna recebeu passe e bateu com curva, mas a bola passou rente a trave chilena. Dois minutos depois, Tancredi tocou na grande área para Pizzorno, que bateu de primeira para vencer o goleiro Sánchez e deixar tudo igual novamente em Montevidéu.

Quando tudo caminhava para um empate, o Unión Española surpreendeu e chegou a vitória. Em uma saída de jogo errado do Cerro, Sebastian Jaime percebeu o goleiro Britos adiantado e marcou por cobertura fazendo um golaço.

Agora as equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 7 de fevereiro, no estádio Santa Laura, em Santiago. O Unión Española avançará para a próxima fase com qualquer empate ou derrota por no máximo um gol de diferença, desde que o Cerro não marque mais de três gols.

error: Futebol Latino 2019