Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Vai jogar? Após recomendação, River Plate analisa jogo contra o São Paulo

Foto: Divulgação/River Plate

Os próximos dias prometem muita emoção e surpresa no futebol argentino. Na noite da última terça-feira, os dirigentes dos clubes participaram de reunião com Pedro Cahn, infectologista e integrante do comitê do governo argentino, que recomendou os times locais a não viajarem para o Brasil devido aos números apresentados na pandemia do coronavírus.

Leia Mais: Coluna do José Calil – Que saiam pela porta da frente do Santos
Libertadores: Médico recomenda que clubes argentinos não joguem ao Brasil



O primeiro a ligar o sinal de alerta foi o River Plate, que no dia 17 de setembro encara o São Paulo, no Morumbi. Inicialmente, o clube do Monumental de Núñez promete estudar o caso e tomar uma decisão nos próximos dias. De acordo com a Hernán Castillo, da TNT Sports, não está descartada o cancelamento do jogo pelo lado argentino.

Não é segredo para ninguém que a AFA (Associação Argentina de Futebol) era contra a volta da Libertadores. O país está fechado para receber vôos internacionais e os times não voltaram aos trabalhos.

O presidente da AFA, Claudio Tapia, tenta alinhar nos bastidores uma volta para os clubes que estão na competição continental, pois assim eles não ficariam em desvantagem física.

Lembrando que, nesta edição, além do River Plate, o Boca Juniors, Racing, Defensa y Justicia e Tigre completam os time da Argentina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *