Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Vítima de câncer, morre a mãe do atacante Gonzalo Higuaín

Foto: Reprodução/MLS

Uma triste notícia se abateu sobre o mundo do futebol nessa semana. Isso porque a mãe dos jogadores Gonzalo e Federico Higuaín, Nancy Zacarias, faleceu após uma intensa luta desde 2016 contra um câncer pelo qual chegou a passar por procedimento cirúrgico.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Tuca Ferretti está próximo de deixar o comando do Tigres
Técnico vibra com gol na Libertadores ao estilo ‘Cantando na Chuva’

Além de ser mãe dos jogadores que atuam juntos no Inter Miami, Nancy também tinha parentesco na área futebolística por ser irmã do ex-jogador Claudio Zacarías além de ser mulher de Jorge Higuaín, ex-zagueiro de Boca Juniors e River Plate.

Nas redes sociais, o clube dos irmãos Higuaín publicou uma nota de pesar no seu perfil em inglês e também em espanhol lamentando o falecimento:

“A família do Inter Miami está entristecida ao saber do falecimento da querida mãe de Gonzalo e Federico Higuaín, Nancy Zacarias. Nossos mais sentidos pêsames para nossos jogadores e toda a sua família durante esse difícil momento. Brindamos os Higuaín com todo o nosso apoio enquanto eles lidam com essa perda.”

A relação dos filhos era tão próxima com Nancy que, durante a disputa da Copa América Centenário há cinco anos atrás, o próprio Pipita revelou que pensou seriamente em abandonar a carreira de atleta profissional para se dedicar a cuidar de sua mãe, já acometida pela doença.

“Estive a ponto de parar de jogar quando me inteirei disso porque queria estar com ela. Acredito que a vida da minha mãe ia muito além de tudo e a coloquei em primeiro plano de maneira absoluta, não me interessava nada. E foi ela quem, depois, me pediu que seguisse e, sinceramente, segui por ela. Sabia que ia a fazer feliz que jogasse futebol e que não ia servir muito largar a carreira. Me pediu por favor para que não fizesse, que seguisse e, no dia de hoje, aqui estou. Sei que me ver jogar a faz feliz, então tenho que continuar”, disse na época o jogador do Napoli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©