Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Vítima do coronavírus, mãe de Johnny Herrera morre no Chile

vitima-do-coronavirus-mae-de-johnny-herrera-morre-no-chile-Futebol-Latino-04-04
Foto: Divulgação/Universidad de Chile

Uma triste notícia se abateu sobre o Chile na última semana envolvendo uma figura conhecida do futebol chileno e sul-americano, o goleiro Johnny Herrera. Isso porque a sua mãe, Gladys Muñoz de Pacheco, acabou falecendo vítima do novo coronavírus aos 79 anos de idade.

Leia mais: Torcida do Boca Juniors enlouquece com comentário de Haaland
Matador sul-americano foi procurado por dois clubes antes da Inter de Milão

O caso que comoveu todo o país começou a aparecer nos noticiários ainda no último dia 28 de março, data em que a mãe do arqueiro foi internada no hospital. Contudo, apenas quatro dias depois, Gladys apresentou sérios problemas respiratórios e veio a falecer.

Clube o qual Johnny mais defendeu na carreira, a Universidad de Chile postou em suas redes sociais uma mensagem de condolência pela perda do Superboy.

“Como Club Universidad de Chile, enviamos as mais sinceras condolências a família e pessoas próximas do nosso ídolo, Johnny Herrera, por causa do sensível falecimento de sua mãe, Gladys Muñoz. Força, @SamuraiAzul25. Os Azuis te acompanham nesse difícil momento”, postou o perfil oficial de La U.

Até o momento, o Chile registra 27 mortes e mais de 4 mil casos do novo coronavírus. Seguindo, a população de todo o país, as normas de isolamento social praticadas em outras partes do globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019